Comunhão

DEUS ‘FAZ O QUE ELE FAZ DE FORMA LINDA’ DIZ O PAI DE QUADRIGÊMEOS

‘“Radiante” não descreve exatamente como Aburime Ehimare se sentiu quando soube que sua esposa tinha quatro bebês a caminho. “Estupefato” é um pouco mais exato.“Quadrigêmeos? Nunca!” O nigeriano disse em seu lar temporário em Atlanta. “A verdade é que estávamos totalmente chocados e confusos.” Mas, depois de ver aqueles quatro pares de olhos, e de contar todos os 40 dedos das mãos e os 40 dos pés, Ehimare e sua esposa, Ose estão convencidos que “Deus tem um plano para nós, e ele faz o que faz de forma linda.”

Há quase 10 mil quilômetros de casa, Deus providenciou uma família para ajudar o casal a recepcionar suas quatro novas vidas neste mundo, disse o casal. Membros da Igreja de Cristo de Northlake em Tucker, Ga, aproximadamente 16 Km do hospital, se voluntariaram a ajudar os Ehimares cuidarem das três meninas — Alyssa, Valencia and Bibiana — e de seu irmão, Noah. 

“O esforço logístico para organizar pessoas para cuidarem de quatro bebês, 24 horas por dia, envolve dúzias e dúzias de pessoas”, disse Brent Wiseman, membro de Northlake. Os membros da igreja criaram um website onde os interessados poderiam se inscrever para ajudar a família. “Nós também recebemos ofertas da  Igreja de Cristo de Snellville (Ga.) e de pessoas sem qualquer ligação com nossa igreja,” Wiseman disse. “Tudo tem sido muito gratificante.” Aburime Ehimare descreveu as ações de seus irmãos cristãos como “intervenção enviada por Deus.” “Eles nunca nos deixaram andar sozinhos,” ele disse. “É como se eles nos conhecessem a vida toda.”

HUMILDES COMEÇOS - A jornada que trouxe os Ehimares para a America começou em Benin City, Nigeria. Aburime, então com 13 anos, era um vendedor ambulante e um sincero pentecostal. Ele cria que, falando em línguas, ele poderia curar os enfermos, e até mesmo levantar os mortos. Quando a filha de 2 anos de uma vizinha morreu, a família pediu que ele fizesse exatamente isso. Ele fracassou e sua fé ficou abalada.  Aproximadamente um ano mais tarde, um amigo o apresentou a Igreja de Cristo. Ele se inscreveu no curso por correspondência da World Bible School e foi batizado aos 14 anos. Poucos anos depois, ele pontuou alto nos exames de admissão da universidade e começou a estudar contabilidade.  Ele conheceu Ose em uma campanha evangelística de porta em porta. Ambos se formaram em contabilidade com honras. Em fevereiro de 2005, Ose foi batizada na capital da Nigéria, Abuja, onde Aburime conseguiu um emprego no banco.  Sete meses depois, eles se casaram.

UMA JORNADA DE FÉ PARA A GEORGIA - Dez meses depois do casamento, os Ehimares tiveram seu primeiro bebê, Chavela, que significa “promessa de Deus.” Eles começaram a planejar um segundo bebê. Ose sofreu três abortos. O casal orou e esperou. Então chegou a alegre notícia que Ose estava grávida de gêmeos. Mas, aquela alegria se transformou em choque e medo, em subsequentes exames quando os médicos encontraram um terceiro, e então um quarto feto.  Logo, Ose começou a ter convulsões e desmaios súbitos, disse seu marido. Ela precisaria de cuidados medicos fora da Nigéria para sobreviver à gravidez. O casal enviou cartas a embaixadas estrangeiras, solicitanto um visto médico. Nenhuma respondeu. Quatro presbíteros da congregação deles, a Igreja de Cristo em Kado-Abuja, oraram e jejuaram. Um deles, Peter Egure, entrou em contato com amigos no governo. Logo, Ose teve sua permissão para entrar nos E.U.A. O casal vendeu um carro e um terreno para pagar a viagem à América. O trabalho de Aburime o forçou a permanecer na Nigéria enquanto sua esposa, com 24 semanas de gravidez, embarcou em um avião. Era a primeira viagem dela para fora do país, e o único contato que tinha era uma antiga colega de faculdade em Snellville que havia concordado em hospedá-la.

Enquanto isso, membros da igreja nigeriana contactaram amigos no E.U.A., e contaram a eles sobre os Ehimares. Membros da Igreja de Cristo de Southern Hills em Abilene, Texas, contactaram a igreja de Northlake sobre o casal, Wiseman disse.  “Nós fomos tocados pela história desta mulher, completamente sozinha em um país estrangeiro, grávida de quadrigêmeos”, ele disse. Em 27 de julho, três membros de Northlake — Susan Tippins, Carol Cherry e Julie Clinebell — conheceram Ose e prometeram a ela que a igreja faria todo o possível para ajudá-la. Poucas horas depois, Ose entrou em trabalho de parto. Os bebês nasceram no dia seguinte. “Aquelas irmãs estavam esperando que minha esposa desse à luz?” Aburime perguntou. “Elas foram guiadas pela estrela de Mateus 2.9?” Logo, as três “sábias mulheres”, como Aburime chamou-as, se juntaram a muitas outras. Quando Aburime chegou em Atlanta três dias depois do nascimento, os membros de Northlake estavam ocupados comprando fralodas, organizando transporte, e se voluntariando para ninar bebês.

BÊNÇÃOS MÚTUAS - Os quadrigêmeos provavelmente ficarão na Georgia até outubro. O menor nasceu com aproximadamente 700 gr. Dois bebês ainda estavam no hospital quando este artigo foi escrito, mas com expectativas de serem logo liberados. A irmã mais velha deles, Chavela, “ama bebês e está muito empolgada de saber que terá quatro pequeninos para brincarem com ela”, disse o pai dela. Aburime retornou a Nigéria em 28 de agosto para regressar ao trabalho. Os membros de Northlake Jeff e Cathy Hendrick transformaram seu porão em um quarto de bebês. Northlake recentemente realizou um chá de bebê para a família, e membros compraram cadeirinhas para carro e carrinhos de bebê. A igreja considera os Ehimares como  “uma família incrivelmente corajosa e fiel”, disse Denise Johnson membro de Northlake.“Eles abençoaram Northlake de maneiras que estamos apenas começando a entender” Johnson disse.
Ose Ehimare disse que ela e seu esposo estão impressionados com a bondade da igreja.“Estamos ansiosos por retribuir a igreja algum dia”, ela disse. “Meu marido e eu aprendemos desta congregação o que é o amor realmente, e esperamos compartilhar este mesmo amor com outros que apareçam em nosso caminho. “Esta congregação me fez uma mãe muito feliz.”

ERIK TRYGGESTAD | The Christian Chronicle

Foto: DENISE JOHNSON

TRADUÇÃO: RITA MOURA

Quatro iguais - Alyssa, Valencia, Noah and Bibiana Ehimare descansam no Emory University Hospital (Hospital Universitário Emory) no centro de Atlanta.






Todos os artigos